23Janeiro2018

Araraquara.com.br

Você está aqui: Home Notícias Cidade Thainara Faria participa da V Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres

Thainara Faria participa da V Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres

thianara

Engajada na luta das mulheres, a vereadora Thainara Faria (PT) esteve no sábado (25), participando da V Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres, no Teatro Wallace.

ara celebrar o Dia Internacional do Combate à Violência Contra a Mulher, a Prefeitura Municipal de Araraquara, com o apoio de secretarias e instituições públicas, organizou o evento, que esse ano teve como tema: ‘Pelo direito a ter direitos’, onde são elaborados e apresentados projetos de leis e diretrizes que serão enviados para a Câmara Municipal.

Thainara disse que “é muito importante essa reunião, e devemos levar em consideração que várias mulheres não puderam estar aqui por conta da falta de dinheiro, ou até mesmo do regime patriarcal declarado pela sociedade. Enquanto nós estamos aqui discutindo nossos direitos, muitas estão limpando a casa e cuidando de seus filhos porque seus companheiros não as deixam sair. Por isso é tão importante estarmos discutindo isso hoje”.

As mulheres da sociedade civil se organizam e vão para a conferencia para poderem falar sobre o que elas precisam em todos os âmbitos: social, educação, saúde, segurança, entre outros.

A coordenadora de Políticas para Mulheres, Amanda Vizoná, explicou que “a Conferência visa a garantir os direitos que as mulheres já têm e lutar por novos. Tem o intuito também de garantir plena saúde e atendimento adequado para aquelas que sofrem violência”.

A secretária de Planejamento e Participação Popular, Juliana Agatte, remeteu-se à fala de Amanda e completou: “hoje é um dia de resistência para garantir os direitos das mulheres; o direito ao lazer, à cultura, à educação. Devemos nos colocar no lugar da outra, pois o que eu tenho, outra mulher pode não ter”.

A convenção foi aberta ao público e contou com atividades como palestras e apresentações durante todo o dia, e debateu também como a figura feminina é afetada pela atual situação política do país, como declarou a deputada estadual Marcia Lia (PT). “Nós estamos sendo e seremos as mais prejudicadas com tudo que está acontecendo no Brasil. Por isso, precisamos nos unir, conversar sobre o que está acontecendo, para garantir que as mulheres continuem tendo seus direitos.”

O prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), falou em como podemos construir uma sociedade sem preconceito. “Se há um instrumento que vai construir uma sociedade sem preconceito e com uma nova consciência, esse é a educação. E a educação complementar tem um papel fundamental. Temos a responsabilidade de construir e formar quem vem depois de nós. Portanto, temos que buscar um equilíbrio entre a nossa realidade e a realidade que queremos.”

Também estiveram presentes o secretário de Gestão e Finanças, Donizete Simioni, a secretária da Cultura, Teresa Cristina Telarolli, a secretária da Educação, Clélia Mara Santos, a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Maria Eloisa Velosa Mortatti, o ex-ministro da saúde, Alexandre Padilha, a coordenadora de Acervos e Patrimônio Histórico, Fabiana Virgílio, o coordenador de Planejamento e Participação Popular, Alcindo Sabino, o assessor da Juventude, Guilherme Floriano, a assessora de pessoas com deficiência, Elisa dos Santos Rodrigues, a presidente interina da Fundesport, Milena Simioni, a presidente da Fundart, Gabriela Palombo, e a representante do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, Claudete Camargo Pereira.

Fonte: Revista Cidade Araraquara

imagem012
Araraquara.com.br - O primeiro e melhor portal da cidade, desde 1996.