10Dezembro2017

Araraquara.com.br

Você está aqui: Home Notícias Cidade MMDC Heróis de Araraquara fecha o ano com grande evento na Câmara

MMDC Heróis de Araraquara fecha o ano com grande evento na Câmara

mmdc

Solenidade, que marcou o primeiro aniversário do órgão, lotou dependências da Câmara, e contou com a presença de autoridades militares e civís, personalidades, dirigentes de ensino e estudantes

 Realizado na Câmara Municipal de Araraquara, e organizada pelo 56º Núcleo do MMDC do Estado - criado na cidade pela Polícia Militar em 29 de novembro de 2016 -, aconteceu na tarde dessa quinta-feira, 30, o último evento oficial do MMDC Heróis de Araraquara.

A cerimônia, que marcou a comemoração do 1º aniversário da entidade, lotou as dependências da Casa legislativa, e foi bastante prestigiada por populares, autoridades e personalidades de Araraquara e cidades próximas, como São Carlos e Fernando Prestes.

Presidido pelo Tenente Coronel Adalberto José Ferreira, o evento contou com a presença do presidente estadual do MMDC, Cel. Ventura, do Tenente Coronel Samir Antonio Gardini, do Coronel João Alberto – na ocasião representando o prefeito Edinho Silva -, do vereador, Tenente Santana – representando o presidente da Câmara, Jefferson Yashuda -, e do vereador Cabo Magal Verri, parceiro do MMDC local.

Durante a cerimônia, transmitida ao vivo pela TV Câmara pelo Canal 17 da Net, a direção do MMDC local homenageou dirigentes de ensino e estudantes de escolas estaduais que participaram de um concurso de redação organizado pela entidade, além de militares e personalidades civis, que se destacam por serviços presados à sociedade e à memória do movimento revolucionário de 1932.

Representantes da imprensa local também foram homenageados, dentre eles o jornalista Cláudio Dias, do Portal Cidade On e o radialista Ari Campos, ambos pelos relevantes serviços prestados na área da Comunicação em Araraquara.

Outro jornalista lembrado, o diretor do O Imparcial, José de Arruda Corrêa da Silva, recebeu a homenagem representando a rica história do matutino, que sob a batuta de seu avô, o jornalista Antônio Corrêa da Silva, cobriu todos os eventos que envolveram a epopeia de 32. 

Fundado por Antônio Corrêa em 25 de janeiro de 1931, O Imparcial é o sucessor do Jornal O Popular, empastelado em outubro de 1930, logo após a Revolução que levou Getúlio Vargas ao poder.

Um dos mais tradicionais órgãos de imprensa do País, O Imparcial foi dirigido mais tarde pelo jornalista Paulo Silva, por sua esposa, Cecília A. C. Silva e atualmente tem como diretor o também jornalista José de Arruda Corrêa da Silva, neto de Antônio e filho do casal Paulo e Cecília. José recebeu a medalha Governador Pedro de Toledo em reconhecimento aos serviços prestados jornal e pela família Silva em memória do movimento de 32.    

Revolução em Araraquara

Araraquara, na época uma pequena cidade, teve grande participação no movimento, enviando, entre civis e militares, 541 voluntários para os campos de batalha, dentre eles uma mulher, Dna. May de Souza Neves, esposa do doutor Camilo Gavião de Souza Neves, que serviu como enfermeira durante o desenrolar do conflito.

Seis deles morreram em combate, e dois depois do conflito, já em Araraquara, em decorrência dos ferimentos recebidos. Seus nomes estão eternizados no Monumento ao Soldado Constitucionalista localizado na 1ª Rotatória da Avenida Bento de Abreu, local onde se deu a cerimônia.

Inaugurado em 9 de julho de 1934 na Avenida principal do Cemitério São Bento, o Monumento já foi um Mausoléu e abrigou por décadas os despojos dos heróis araraquarenses que tombaram no conflito.

No ano de 1972, quando do grande evento em comemoração aos 40 anos da Revolução de 32, os restos dos araraquarenses foram levados para São Paulo, onde eternamente descansarão no Obelisco do Ibirapuera, ao lado dos demais combatentes paulistas que tombaram pela causa.

Em seguida, a Prefeitura de Araraquara transferiu o Mausoléu para a Bento de Abreu, inaugurando o Monumento ao Soldado Constitucionalista com o intuito de eternizar a saga daquela geração de araraquarenses.

O Movimento

Durando três meses, e custando oficialmente quase mil vidas (estimativas extra oficiais da época falam em mais de dois mil paulistas mortos), o Movimento Constitucionalista de 32  foi sufocado militarmente pelo governo ditatorial, mas conseguiu seu objetivo, já que com sua deflagração Getúlio Vargas se viu obrigado a convocar a eleição Constituinte de 1933, que culminou na promulgação da Constituição Brasileira de 1934.

Três anos depois, porém, Getúlio deu razão a principal acusação que o Movimento de 32 lhe fazia: a de que ele não pretendia governar sob um estado democrático, e planejava implantar no País uma ditadura escorada na força militar dos Tenentistas. Em 1937, Vargas  fechou o congresso, fechou as Assembleias Legislativas, as Câmaras Municipais e promoveu a intervenção em todos os Governos Estaduais e Prefeituras Municipais, implantando a Ditadura do Estado Novo, que permaneceu no poder até 1945, quando, finalmente foi derrubada.

Confira a lista dos homenageados

* IRACEMA GOMES DE SÁ

* JOSÉ DE ARRUDA CORRÊA DA SILVA

* RADIALISTA ARI  CAMPOS

* JORNALISTA CLAUDIO DIAS

* TEN CEL PM ALEXANDRE WELLINGTON DE SOUZA

* MAJ PM JEFFERSON LOPES JORGE

* MAJ PM LUIS ROBERTO MOREIRA FILHO

* MAJ PM LUIS SERGIO MUSSOLINI FILHO 

* CAP PM ALAN ESTEVES FERNANDES GOUVÊA 

* CAP PM EMERSOM VIEIRA COELHO

* 1º TEN PM FÁBIO LUIZ MAGALHÃES MOREIRA 

* 1º TEN PM SILVIO OSÓRIO PEREIRA DIAS 

* 1º TEN PM ISRAEL DE OLIVEIRA PIGOSSI

* 2º TEN PM ADRIANO MARIANO 

* SUB TEN PM ANTONIO MARCOS DE CAMARGO

* 1º SGT PM LUIS CARLOS ORLANDO

* 1º SGT PM RONALDO COGO 

* 1º SGT PM MARCIO ELIANDRO MORAES 

* 3º SGT PM GILSON JOSÉ BESSEGATTO 

* CB PM CIDIVAL JULIANI

* CB PM EMERSON AMANCIO ANCHIETA

* CB PM EMERSON MOUTINHO DA SILVA

* CB PM JOÃO ALVES DE OLIVEIRA NETO

* CB PM LAUANDE MICHEL SANTO SILVA

* CB PM SERGIO RICARDO DORNELAS TORRENTE

* CB PM MARCOS ALEXANDRE OSPEDAL

A solenidade também premiou policiais com a ‘Medalha Cidadão Policial’:

* TEN CEL PM ADALBERTO JOSÉ FERREIRA

* TEN CEL PM SAMIR ANTONIO GARDINI

* CAP PM FERNANDO MARINO PORTO 

* 1º TEN PM ROGÉRIO FERREIRA GOMES 

* CB PM SERGIO HENRIQUE PARIZI

 

MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC
MMDC

Fonte: Revista Cidade Araraquara

imagem012
Araraquara.com.br - O primeiro e melhor portal da cidade, desde 1996.