18Fevereiro2018

Araraquara.com.br

Você está aqui: Home Notícias Cidade Prefeitura anuncia medidas para intensificar segurança nas UPAs

Prefeitura anuncia medidas para intensificar segurança nas UPAs

upa

Para garantir segurança não só aos servidores municipais, mas também aos usuários que utilizam o serviço de urgência e emergência do município, a Prefeitura anunciou na tarde de hoje, dia 29 de dezembro, medidas para intensificar a segurança das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Na última quarta-feira (27), uma funcionária foi agredida durante seu turno de trabalho na UPA Central. 

O anúncio foi feito pelo secretário de Gestão e Finanças, Donizete Simioni, que esteve na UPA Central, acompanhado da coordenadora de Urgência e Emergências, Fernanda Rodrigues, do coordenador das UPAs, Fabio Luis Ticianeli, da coordenadora da Guarda Civil Municipal (GCM), Juliana Zaccaro, além da secretária de Comunicação, Priscila Luiz. 

Em publicação ao vivo por meio de rede social, três medidas foram anunciadas. A primeira, é aumento da presença da GCM nas unidades. A partir de hoje serão dois guardas fixos, e em períodos de maior movimento, três guardas estarão presentes. 

“Essas medidas foram construídas juntamente com o prefeito Edinho e com a secretária de Saúde, Eliana Honain, e vamos trabalhar para garantir segurança para que os servidores trabalhem com tranquilidade e para que os pacientes tenham qualidade no atendimento”, frisou Simioni. 

Outra questão anunciada pelo secretário foi a contratação de um controlador de fluxo para a porta de entrada das unidades. Diferente do trabalho de triagem de pacientes já feito nas unidades, o controlador atuará como um segurança, desarmado, e auxiliará no fluxo de entrada e saída tanto dos pacientes como de seus acompanhantes. A contratação do serviço já está prevista no orçamento do próximo ano. 

Além disso, a Prefeitura já está tomando todas as medidas necessárias para abertura de uma sindicância com o objetivo de apurar a agressão contra a servidora municipal, ocorrida na última quarta-feira. Junto com a sindicância, será aberto também um processo judicial contra o agressor. 

“Queremos nos solidarizar com todos os servidores das UPAs que tem trabalhado neste período de feriado, garantindo atendimento à população, mas também queremos registrar nossa total solidariedade a servidora que foi agredida”, finalizou o secretário Donizete Simioni.

Fonte: Folhacidade

imagem012
Araraquara.com.br - O primeiro e melhor portal da cidade, desde 1996.