21Janeiro2018

Araraquara.com.br

Você está aqui: Home Notícias Cultural e Social Cia Cais do Porto apresenta resultado de imersão no Chile

Cia Cais do Porto apresenta resultado de imersão no Chile

ciacaisporto

O grupo de teatro araraquarense Cia Cais do Porto, depois de passar por uma residência artística realizada no Centro Cultural y Colectivo Teatral La Mandrágora

, em Viña del Mar, no Chile, retorna à Araraquara para apresentar o resultado do trabalho.

Depois de 54 dias de trabalho e imersão no projeto no Chile, a Cia Cais do Porto apresenta o espetáculo “Winka: ensaios sobre a invasão” no Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues, onde os atores também ministram uma oficina teatral. “Winka” será apresentado na sexta (08), sábado (09), e segunda (11), sempre às 20 horas, com o apoio da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart. São 50 lugares por apresentação, sendo os ingressos reservados gratuitamente pelo fone 98147-8626 (reserva válida até 30 minutos antes do espetáculo).

Na segunda (11), o grupo ministra o workshop “Teatro Documental – experiência pessoal como expressão artística”, das 14h30 às 17h30, para interessados maiores de 14 anos. São 20 vagas gratuitas e as inscrições devem ser realizadas pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., sendo necessário enviar apenas o nome, a idade e o RG.

Sobre o intercâmbio, o ator e coordenador do projeto, Fábio Lucca, conta que para um grupo de teatro, o intercâmbio entre culturas “é um prato cheio, que alimenta a inspiração, enriquece o repertório físico e imagético”. Segundo ele, a experiência em terras chilenas foi “maravilhosa” e agora está presente nos corpos e vozes dos atores, refletindo no trabalho da companhia. “Termos sido contemplados pelo edital foi o incentivo que precisávamos para continuar fazendo com total dedicação o que amamos fazer. O amor pela arte desconhece fronteiras”, destaca. 

Invasão - “Winka” é o resultado da investigação da Companhia Cais do Porto no Centro Cultural y Colectivo Teatral La Mandrágora, em Viña del Mar, pelo Edital Conexão Cultura Brasil Intercâmbios, do Ministério da Cultura. A obra relata a experiência vivida pelos atores em busca de uma aproximação com a cultura chilena, abordando através da linguagem cênica o conceito de invasão.

Influenciados em grande parte pela cultura e situação atual do povo Mapuche, nasce nos atores o questionamento sobre o que é ser “winka”, que para este povo indígena significa “invasor, estrangeiro”.

 O espetáculo expõe episódios que unem relatos históricos, testemunhos reais e anedotas contemporâneas, situações com as quais se podem analisar a imagem do invasor e do invadido e a opressão exercida de diversas formas, algumas já naturalizadas pelo convívio social em distintas culturas, em papéis e formas que transcendem as fronteiras geográficas.

O espetáculo contempla a diversidade linguística e une português e espanhol, com trechos em mapudungum e tupi-guarani. Com duração de 70 minutos, “Winka: ensaios sobre a invasão” é uma criação coletiva dos atores Bruno Campos, Fábio Lucca, Neila Dória e Zé Guilherme, com direção geral de Cristian Mayorga Hevia e coordenação de Fábio Lucca. A classificação etária é para maiores de 10 anos.

De acordo com o ator Zé Guilherme, foram dois meses de pesquisas sobre os povos originários do Chile e do Brasil. “Um processo intenso que contemplou workshops, estudos literários e de referencial estético, visitas a museus e centros cerimoniais e a capacitação técnica dos atores envolvidos. Em cena encontram-se os entraves e as questões de uma relação desumana de exploração e desrespeito”, explica.

Os atores do espetáculo, na segunda-feira (11) ministram o workshop “Teatro Documental – experiência pessoal como expressão artística”, abordando a criação de um material cênico a partir de histórias pessoais reais dos participantes. O estudo se dará a partir de exercícios que exploram as possibilidades da ação vocal e da construção do gesto. São aguardados atores, performers, dançarinos, estudantes de teatro e pessoas interessadas no assunto. O workshop também será realizado no Teatro Wallace Leal; o horário é das 14h30 às 17h30.

Fábio lembra que o workshop será uma maneira de compartilhar o modo de pesquisar e criar, “através de estímulos emocionais, sensoriais e técnicos que trabalhem com experiências reais, na busca por um corpo e uma voz mais potentes, verdadeiros e presentes cenicamente”.

SERVIÇO:

  • Espetáculo “Winka – ensaios sobre a invasão”, com Cia Cais do Porto

Local: Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues (Av. Espanha, 485 – Centro)

Datas: 08 (sexta), 09 (sábado) e 11 (segunda)

Horário: 20 horas

Grátis - 50 lugares (reservas pelo fone 98147-8626)

  • Workshop “Teatro Documental – experiência pessoal como expressão artística”

Local: Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues (Av. Espanha, 485 – Centro)

Data: segunda-feira (11/05)

Horário: das 14h30 às 17h30

Grátis - 20 vagas

Folhacidade

imagem012
Araraquara.com.br - O primeiro e melhor portal da cidade, desde 1996.